DFB Pokal – Duisburg 0 x 5 Schalke: Smells like teen spirit

schake 1

Draxler e Di Santo dançam Macarena: o espírito jovem prevalece no Schalke (Foto: Reprodução/Site Oficial)

Na década de 90, o Nirvana estourava nas rádios do mundo inteiro com o hit Smells Like Teen Spirit (traduzindo para o português: “Cheira como espírito jovem”). O título da música, que foi retirado de uma propaganda de desodorante, buscava ressaltar a jovialidade transmitida pelo estilo de vida grunge e, assim, despertar o lado jovem dentro do interior de cada um. Aparentemente, perto do início da temporada 2015/2016, o Schalke decidiu adotar tal filosofia e iniciou seus trabalhos com este cheiro de espírito jovem.

Quem se acostumou a acompanhar os azuis-reais nos últimos anos, acabou topando com um time pragmático, muito dependente de lampejos individuais de seus jogadores. Apesar de contar com ótimos jovens valores, como os badalados Draxler e Meyer, a equipe não se mostrava capaz de refletir a qualidade e a ousadia deles num âmbito geral, o que fez com que ela jogasse inúmeras vezes de forma retraída (Di Matteo na temporada passada que o diga), sem aproveitar a qualidade da qual aquelas promessas eram dotadas.

Temporada nova, vida nova. Algumas contratações pontuais, como o lateral-direito Júnior Caiçara, o volante Johannes Geis e o atacante Franco Di Santo, e um técnico novo: André Breitenreiter, de apenas 41 anos que despontou recentemente com o Paderborn. Eram mudanças singelas, longe de oferecer grandes holofotes sobre Gelsenkirchem, contudo, foi o bastante iniciar uma mudança de panorama e gerar expectativas diferenciadas para a temporada.

Os amistosos de pré-temporada já haviam denotado uma equipe diferente da qual estávamos acostumadas a ver graças ao estilo de jogo mais ofensivo proposto por Breitenreiter, no entanto, por serem jogos-testes, ficava aquela dúvida da manutenção da proposta para a “hora dos vamos ver”. No último sábado (7), os trabalhos começaram com a estreia na DFB Pokal (a Copa da Alemanha) contra o Duisburg e uma contundente vitória por 5 a 0 veio a passar uma ótima sensação aos schalkers.

Está certo de que uma goleada sobre um time de 3ª divisão é algo esperado, no entanto, a forma como o time atuou chama atenção. Jogando num 4-4-2 clássico, foi possível observar uma atuação muito mais solta, com algumas inovações perto do que nos foi apresentado nos últimos tempos, com destaque principalmente para Goretzka e Geis, que atuaram no centro da linha do meio-campo e ofereceram ótimos momentos na partida ao saírem para o ataque, pressionarem a posse de bola adversária (o que, inclusive, gerou o gol de Goretzka, o 5º da goleada) e, principalmente, acrescerem qualidade a criação de jogadas do setor ofensivo.

Muito além da maneira mais ousada de jogar, alguns pontos mais específicos vieram a empolgar e gerar boas expectativas para a temporada. Os próprios jogadores estão mais soltos entre eles, demonstrando um entrosamento e uma alegria maior, trazendo o espírito jovem deles para dentro de campo, o que é possível notar até mesmo na comemoração dos gols, como quando o recém-chegado Franco Di Santo marcou o dele e logo foi comemorar junto de Draxler com a coreografia de Macarena.

Entre um estilo de jogo mais ousado e comemorações mais ousadas, o teen spirit chegou ao Schalke e o sucesso na Bundesliga depende muito dele. Sem contar que, nossos meninos Draxler, Meyer, Geis, Goretzka (diga-se de passagem, quatro dos principais nomes da nova geração alemã), entre outros, precisam evoluir cada vez mais para alçarmos vôos maiores.

Por essas e outras, além de torcer para o próprio Schalke, vamos seguir torcendo para o espírito de Kurt Cobain não abandonar Gelsenkirchen tão cedo.

Confira os melhores momentos de Duisburg 0 x 5 Schalke pela 1ª fase da DFB Pokal aqui

Obs: até o fim da janela de transferências pretendo fazer um post apresentando com mais carinho as novas caras do Schalke, por isso, não pensem que os nomes de Di Santo e Geis foram citados à toa, mas já antecipo que podem empolgar com eles, porque foram contratações muito boas, até para as necessidades do elenco

 

Anúncios

Recomeço

Quem acompanha minha pessoa nas redes sociais, sabe do carinho gigante que tenho pelo Schalke e o tempo em que busco manter um trabalho atrelado ao time nas redes sociais. As coisas começaram com uma conta no Twitter e um antigo blog com um nome bastante sugestivo: Schalke 04 Brasil. 

O tempo passou, as coisas mudaram e, diante disso tudo, acabei me afastando. Entre muitas apostas furadas e dos dramas passado em meio a vida de vestibulando, cheguei a tentar retomar este endereço, mas acabei não conseguindo dar sequência. Hoje, mais maduro e ainda compartilhando de muitos destes dramas, buscarei voltar a atualizar esta página com análises de jogos, algumas notícias e, esporadicamente, matérias especiais.

Conto com apoio de todos amigos e da massa schalker! Será algo de ordem pessoal, simples, contudo, garanto que virá a ser feito com muito carinho e amor.

Schalke II estreia com empate na Regionalliga; Sub-19 vence na Copa da Alemanha

No último final de semana, enquanto o time principal do Schalke seguia em pré-temporada, a temporada se iniciava tanto para o Schalke II, equipe formada em sua maior parte por jogadores sub-23, como também para a equipe sub-19 do Schalke, dado que ambos fizeram sua estreia na Regionalliga, a 4ª divisão do futebol alemão, e na Copa da Alemanha Sub-19, respectivamente.

No sábado (2), o Schalke II mediu forças com o KFC Uerdigen e, jogando fora de casa, o segundo escalão azul real, que conta com Gerald Asamoah do alto de seus 35 anos no ataque, saiu perdendo, porém, de pênalti, Dren Hodja assegurou o empate de 1 a 1, garantindo, ao menos, 1 ponto na conta dos mineiros de Gelsenkirchen.

O meia-atacante Hodja, que tem 20 anos e possui descendência kosovar, chegou ao Schalke II na última temporada, tendo jogado razoavelmente bem na parte final da mesma. Aparentemente mais amadurecido, tem tudo para ser um dos principais pilares do time em meio a esse 2014/2015, mesmo que ainda não tenha dado claro sinais da amplitude de seu potencial.

Enquanto isso, no domingo (3), o Schalke Sub-19 visitou o sub-19 do Chemnitzer em partida válida pela primeira rodada da Copa da Alemanha da categoria e não decepcionou. Jogando um futebol intenso desde o início, os comandados de Norbert Elgert não deram chance ao azar, venceram por 3 a 0 (gols marcados por Thilo Kherer e Felix Schröter, duas vezes), garantindo vaga na segunda fase da competição, quando enfrentará o Westfalen.

O grande destaque do jogo foi, sem sombra de dúvidas, Schröter. Com 18 anos, o atacante conta com convocações para seleções de base da Alemanha e desembarcou em Gelsenkirchen nessa temporada, vindo do Hoffenheim, cercado de expectativas, correspondidas logo na estreia com dois gols e uma assistência. Dada a escassez de bons nomes no time principal, é, inclusive, um nome interessante para se observar no decorrer da temporada.

Agora, nesse final de semana, o Sub-17 fará sua estreia na temporada na Bundesliga da categoria, competição esta que também se iniciará para o Sub-19. Enquanto isso, o Schalke II terá mais um compromisso pela Regionalliga.

Goleada histórica do Sub-12

O enfoque é sempre no Schalke II, além do Sub-17 e do Sub-19, mas é preciso abrir um espaço para comentar um pouco a respeito do sub-12 azul real que teve uma atuação de gala no último sábado (2). Jogando contra o Olympia Bocholt Sub-13, os garotos foram capazes de vencer por incríveis 27 a 0. Até que perder de 7 a 1 não é tão ruim assim…

Schalke é derrotado por Newcastle e termina Schalke 04 Cup sem nenhuma vitória

17244_140803_boateng_newcastle_658x370

Anfitrião da Schalke 04 Cup, competição amistosa realizada na Veltins-Arena, o Schalke já havia sido derrotado nos pênaltis ontem pelo West Ham e, hoje, veio a conhecer mais uma derrota no torneio que vem promovendo, encerrando sua participação nele sem nenhuma vitória. Contra o Newcastle, Jens Keller se viu novamente obrigado a escalar uma equipe remendada dada a imensa quantidade de desfalques e acabou sendo derrotado por 3 a 1.

Entre jogadores ainda de férias devido a Copa do Mundo e outros poupados por problemas físicos, Keller novamente escalou muitos garotos, sem contar que se viu obrigado a realizar algumas improvisações. Sendo assim, a equipe que saiu jogando foi: Fahrmann; Ayhan, Felipe Santana, Matip e Kolasniac; Sobottka, Neustädter, Aogo, Meyer e Boateng; Choupo-Moting. Sendo que, no decorrer da partida, vieram a entrar Friedrich, Fuchs, Höger, Borgmann, Itter, Multhaup e Avdijaj.

Mesmo indo a campo com uma equipe bastante diferente do time-base para a temporada, o Schalke teve um bom início na partida e pressionou o Newcastle nos primeiros instantes da partida, contudo, os visitantes surpreenderam aos 18 minutos da etapa inicial, quando Riviere aproveitou-se de cruzamento de Aaron para, de cabeça, abrir o placar.

O gol não fez com que os azuis-reais mudassem sua postura, no entanto, embora tivessem detido mais a posse da bola, não foram capazes furar o compacto sistema defensivo armado pelos Magpies e, salvo uma cobrança de falta de Ayhan, foram para o intervalo sem sequer levar perigo a meta adversária.

Voltando do intervalo com algumas mudanças, o Schalke ainda sofria para criar chances ofensivas e não conseguia adentrar a área dos ingleses, que, pouco a pouco, iam buscando sair mais para o ataque e foram ditando o ritmo do jogo, se mostrando muito mais confortáveis dentro de campo que os donos da casa. Assim, os ingleses não tardaram a sacramentar sua vitória com um gol de Aarons aos 11 e outro de Cabella aos 27 do segundo tempo.

O 3 a 0 adverso quebrou todo o ímpeto azul-real, que, ainda assim, viram Avdijaj criar algumas boas jogadas de efeito e, depois, nos acréscimos, marcar o gol de consolo, determinando o placar final da partida.

Rapidinhas

-Hoje, nos arredores da Veltins-Arena, uma série de eventos com a presença de jogadores e membros da imprensa movimentou, aproximadamente, 100 mil pessoas. Os acontecidos marcam a abertura oficial da temporada para o Schalke.

-O Málaga venceu o West Ham por 2 a 0 e sagrou-se campeão da primeira edição da Schalke 04 Cup. No sábado, os espanhóis já haviam vencido o Newcastle por 3 a 1.

-Fim de semana teve o Schalke II na Regionalliga, quarta divisão do futebol alemão, além da equipe sub-19 em campo pela Copa da Alemanha da categoria. O plano é trazer no dia de amanhã um resumo de tais acontecidos aqui no blog.

Papadopoulos emprestado ao Leverkusen e outras novidades do mercado

kp-426663

Depois de perder boa parte da última temporada devido a lesões, Papadopoulos foi emprestado ao Bayer Leverkusen até o fim da temporada. Com a concretização do empréstimo, o Schalke busca fazer com que o zagueiro tenha espaço para disputar mais partidas e se recuperar de vez dos problemas físicos, sem contar o fato do grego de 22 anos também ter demonstrado interesse em buscar novos ares para se concretizar todos os planos azul real.

Uma decisão inteligente da diretoria do Schalke. Antes das lesões, Papa era titular da zaga e demonstrou um bom senso de liderança dentro de campo apesar da pouca idade. Os problemas relacionados às contusões trouxeram muitas preocupações ao Schalke, que confia muito no potencial do defensor, não a toa, agora, o clube busca dar a abertura necessária para um processo de recuperação mais eficaz com o grego devendo ter oportunidades de imediato em uma nova equipe.

Em entrevista a TV alemã, o diretor do Schalke, Horst Heldt, declarou que nenhum defensor deixará mais o time dado o empréstimo de Papadopoulos, contudo, recentes notícias veiculadas na imprensa alemã, dão conta de que Felipe Santana poderá se transferir para o Hamburgo.

O defensor brasileiro, que chegou a ser especulado no futebol francês no início da janela de transferências, teria sido um pedido de Mirko Slomka, contudo, segundo alguns meios, as negociações teriam esfriado, desanimando o técnico dos Rothosen.  Enquanto isso há jornalistas trabalhando com o fato de que o interesse segue quente e as conversas com os mineiros de Gelsenkirchen seguem em andamento. Resta aguardar os novos capítulos dessa novela.

Shkodran-Mustafi-of-Germany-Getty-Images

Campeão da Copa do Mundo de 2014 junto a seleção alemã, o zagueiro Shkodran Mustafi, atualmente na Sampdoria, voltou a ter seu nome vinculado com o Schalke, ainda mais depois da negociação entre Papadopoulos e Bayer Leverkusen ter se concretizado.

O que dificulta uma possível transferência do defensor de 22 anos é o interesse de outras equipes. As últimas notícias da imprensa europeia apontam que Valencia, Napoli e Juventus também sonham com Mustafi e já teriam, inclusive, preparado propostas para enviar a Samp em vista dos planos de contar com o atleta, contudo, há quem diga que o Schalke já tenha aberto conversas com o jogador há algum tempo, não a toa o interesse é especulado desde o fim da temporada europeia.

Outro que também pode desembarcar em Gelsenkirchen é Geoff Cameron, também zagueiro, que atua no Stoke City. O jogador de 29 anos fez uma boa Copa do Mundo com a seleção norte-americana e teria despertado o interesse de vários clubes, entre eles o Schalke, que já teria feito algumas sondagens. Como boa virtude, Cameron tem o fato de poder atuar também no meio-campo como volante.

Saindo da zaga e indo para lateral-esquerda, a mais recente notícia é de que Christian Fuchs tem boas chances de deixar o Schalke nessa temporada, algo confirmado por Horst Heldt, diretor azul-real. Segundo o dirigente, três clubes (não foram citados nomes) já teriam procurado o Schalke para conversar a respeito do jogador austríaco, que, a partir de informações da mídia, teria o Palermo como destino mais provável.

Schalke sofre com desfalques e cai nos pênaltis para West Ham na Schalke 04 Cup

boateng

No primeiro dia de disputas da Schalke 04 Cup, competição amistosa promovida pelo próprio Schalke, os azuis-reais não se aproveitaram do fato de estar jogando na Veltins-Arena e tiveram uma atuação muito aquém do esperado. Tendo que lidar com muitos desfalques (lesionados – Kirchoff, Clemens, Uchida, Obasi, Sane e Sam; em férias – Draxler, Höwedes e Huntelaar), Jens Keller armou um time bastante remendado, aproveitou para testar alguns garotos, mas acabou sendo derrotado nos pênaltis pelo West Ham depois de um empate em 0 a 0 no tempo normal.

Dado os desfalques, Keller saiu jogando com Giefer; Multhaup, Friedrich, Matip e Kolasniac; Höger, Neustädter, Barnetta, Boateng e Fuchs; Choupo-Moting, sendo que, no decorrer do jogo, Itter, Felipe Santana, Papadopoulos, Aogo, Meyer, Sobottka, Borgmann e Avdiijaj. De tal escalação, vale destacar a presença de garotos como Multhaup e Friedrich, com destaque para o último, que conquistou a Euro Sub-19 junto a seleção alemã nessa última semana.

Dentro de campo, o Schalke claramente sofreu com os tantos remendos e falta de entrosamento entre os atletas. Embora tenha demonstrado uma proposta interessante no início de jogo ao marcar o West Ham no campo de ataque e fundamentar seu jogo com toques ágeis, a apatia tomou conta dos azuis-reais que sofriam com um adversário muito bem postado defensivamente.

Diante de tal panorama, os anfitriões da copa amistosa pouco produziam, tanto que as únicas chegadas ofensivas foram tentativas de finalização de Choupo-Moting e Boateng, além de uma boa jogada de Multhaup, no entanto, nada capaz de levar perigo à meta dos ingleses.

No segundo tempo, as alterações foram sendo realizadas aos poucos. A entrada de Max Meyer até deu uma renovada no ânimo schalker, contudo, a apatia seguiu presente. Com os Hammers mantendo a postura defensiva, a única chance de efeito criada pelo Schalke foi uma bola na trave do jovem zagueiro Friedrich depois de lance de bola parada, nada o bastante para trazer algo de impacto a uma partida bastante insossa, algo muito bem ressaltado pelo placar final de 0 a 0.

Na disputa de pênaltis, Felipe Santana e Sobottka desperdiçaram pelo Schalke, enquanto Vaz perdeu para o West Ham. No fim, vitória por 7 a 6 dos ingleses nas penalidades.

Com a derrota, o Schalke não tem mais chances de vencer a Schalke 04 Cup dado que, mais cedo, o Málaga venceu o Newcastle por 3 a 1 e, amanhã, os espanhóis terão o West Ham pela frente no jogo que definirá o campeão do torneio. Enquanto isso, na partida de encerramento do torneio, os donos da casa enfrentam os Magpies.

Ligeiras constatações sobre o jogo e rapidinhas

-Huntelaar estava nas arquibancadas da Veltins-Arena e chorei de saudade, até porque, é pré-temporada ainda, mas Choupo-Moting segue sem empolgar.

-Emprestado ao Eintracht Frankfurt na última temporada, Barnetta retornou ao Schalke e vem se esforçando bem nessa pré-temporada. Se manter o embalo e ficar longe das lesões que o atrapalharam durante toda a carreira, é uma boa opção para o elenco, ainda mais pela sua versatilidade.

-Multhaup costuma jogar mais avançado, mas hoje foi obrigado a jogar na lateral devido aos tantos desfalques. Não foi mal, contudo, fica a expectativa para vê-lo jogando como winger, posição onde teve suas melhores atuações na categoria de base azul-real.

-Na Alemanha para acompanhar a pré-temporada de suas equipes, torcedores de Newcastle e West Ham, que marcaram presença na Veltins-Arena, proporcionaram cenas lamentáveis em Dusseldorf, cidade próxima a Gelsenkirchen. Segundo relatos, os ingleses bebiam tranquilamente juntos, quando provocações ecoaram de ambos os lados, gerando uma briga generalizada. Segue abaixo foto da confusão:

Newcastle-United-West-Ham-Fans-Fighting-Germany-NUFC

-Papadopoulos no Leverkusen, Fuchs também podendo sair e interesse em lateral do Stoke City. Nas últimas horas, o mercado agitou para o Schalke, por isso, entre hoje e amanhã deverá sair um resumo a respeito das últimas notícias quanto às possíveis transferências.

Schalke 04 Cup é o destaque do fim de semana azul real

14630_140401_kentaro_2_658x370

 

Enquanto a temporada do futebol europeu não começa, é sabido de todos que os clubes do Velho Continente realizam vários amistosos e disputam algumas competições de tal gênero. Diante de tal panorama, nesse sábado e domingo, a Veltins-Arena receberá a Schalke 04 Cup, competição promovida pelo próprio Schalke que contará com a presença de Newcastle e West Ham, ambos da Inglaterra, além do Málaga, da Espanha, além, claro, dos anfitriões.

Organizada pela empresa suíça Kentaro, especializada na organização de eventos futebolísticos, será a primeira vez que o Schalke promoverá a competição. Além dos jogos, será oferecido ainda uma estrutura e eventos especiais aos torcedores que comparecem a Veltins-Arena. Com isso tudo, Alexander Jobst, diretor de marketing azul-real, não escondeu a empolgação com o torneio:

“Com um perfil de alto nível, a Schalke 04 Cup representa um momento alto em meio às férias de verão do futebol. A Veltins-Arena oferece a melhor infra-estrutura possível para ela. Estamos realmente ansioso por promover esse torneio junto com a Kentaro, uma das líderes mundiais em gestão esportiva”, declarou Jobst em entrevista ao site oficial do Schalke quando o torneio foi anunciado.

Na competição, cada time fará dois jogos de dois tempos de 45 minutos que, caso termine empatado no tempo regulamentar, será decidido em cobranças de pênaltis. A pontuação designada para cada resultado será a de 3 pontos para o vencedor no tempo normal e, caso a partida seja decidida por meio das penalidades máxima, quem vencer somará 2 pontos. Sendo assim, no fim, a equipe com o maior número de pontos será campeã.

O pontapé inicial será dado às 10h30 do dia de amanhã com o jogo entre Málaga e Newcastle. Em seguida, às 12h45, o Schalke enfrentará o West Ham.

Tabela da competição

Sábado (2): 10h30 – Málaga x Newcastle // 12h45 – Schalke x West Ham

Domingo (3): 10h30 – Málaga x West Ham // 12h45 – Schalke x Newcastle